segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Consciência Negra: todos os dias e para todos!

No dia 20 de novembro é preciso gritar ao mundo hoje e sempre Consciência Negra Já! De janeiro a dezembro e para todxs! Por isso o Maracatu Arrasta Ilha, junto com o Coletivo Abayomi e Grupo de Capoeira Angola Angoleiro Sim Sinhô, que juntos fazem parte do Coletivo Afro Floripa, vem saudar toda ancestralidade negra mostrando abaixo um pouco do que foi o nosso 1º Alapalá - Encontro de Mestres da Cultura Popular de Matriz Africana realizado no último mês de setembro. Ano que vem tem mais! Axé!

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Passeata contra a Intolerância Religiosa


Uma passeata nacional estará acontecendo em várias cidades do Brasil a favor da liberdade religiosa, onde participantes de várias práticas religiosas estarão reunidos pedindo respeito e união.

O maracatu é uma prática intrinsecamente ligada à religiosidade de matriz africana e por tal ligação também sofre uma série de discriminações quando é praticado. Nesse sentido o Maracatu Arrasta Ilha estará presente na passeata e não deixará seus tambores se calar!

Passeata contra a Intolerância Religiosa
Local de concentração: Trapiche na Avenida Beira-Mar em frente  ao Koxixos
Data: 22/10 (domingo)
Horário: 14h

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Alapalá: 1º Encontro com Mestres da Cultura de Matriz Africana


Alapalá, palavra que em iorubá se refere a culto aos ancestrais, é a homenagem do Coletivo Afro-Floripa para reverenciar todo conhecimento ancestral vivenciado a partir das práticas culturais de matriz africana, através do Maracatu (Arrasta Ilha), Percussão e Dança Mandén (Abayomi), Capoeira Angola e Afoxé (Angoleiro Sim Sinhô), há mais de 20 anos em Florianópolis/ SC.

De 06 a 10 de setembro acontece em Floripa o evento “Alapalá: 1º Encontro com Mestres da Cultura Popular de Matriz Africana”. Será um feriadão de imersão com vivências, roda de conversas, intervenções em comunidades e realização de mostra cultural com a participação do Coletivo Afro Floripa e os seis mestres presentes.

Mestre Walter França e a Baiana Rica Maurício Soares da Nação de Maracatu Estrela Brilhante do Recife vão realizar respectivamente a vivência em percussão e dança do maracatu nação de baque virado, originário de Pernambuco.

Mestre Moa do Katendê (Bahia), fundador dos Afoxés Badauê e Amigos de Katendê e capoeirista do Grupo Angoleiro Sim Sinhô irá realizar a vivência de percussão e dança de afoxé e capoeira angola.
Ednaldo da Costa (Chocolate) (SP) Treinel do grupo de Capoeira Angola Angoleiro Sim Sinhô, irá realizar vivência de Capoeira Angola.

Sekouba Oulare e Djanko Camara, músico percussionista e bailarino de importantes balés da Guiné realizarão vivência de percussão e dança tradicional da cultura mandén.

Além disso, teremos na abertura do encontro a participação do músico da cultura popular maranhense Tião Carvalho, trazendo um repertório de forró e samba.

O evento tem o apoio da SeCArte (Secretaria de Cultura e Arte) da UFSC e foi contemplado através do Edital Procultura 2017.

A programação completa, contendo horário e locais de realização segue abaixo. Para realizar a inscrição basta preencher o formulário e enviar o comprovante de depósito para o email coletivoafrofloripa@gmail.com.

Venha fazer parte deste encontro que promete ser mais do que especial!

Programação:
06/09 - quarta - 22h - Abertura Alapalá na Casa de Noca com a presença dos mestres;
07/09 - quinta - 13h às 16h - Vivência de Percussão e Dança Africana da Cultura Mandén com Djanko Camara e Sekouba Oulare no Hall Superior do Centro de Eventos da UFSC;
07/09 - quinta - 16h30 às 19h30 - Vivência de Percussão e Dança de Maracatu da Nação Estrela Brilhante do Recife com Mestre Walter França e a Baiana Rica Mauricio Soares na Banca de Arte-Ocupação da UFSC;
07/09 - quinta - 20h às 22h - Vivência de Percussão e Dança de Afoxé e Capoeira Angola com Mestre Moa do Katendê e Treinel Chocolate no Centro de Convivência da UFSC;
08/09 - sexta - 10h às 13h - Vivência de Percussão e Dança Africana da Cultura Mandén com Djanko Camara e Sekouba Oulare no Hall Superior do Centro de Eventos da UFSC;
08/09 - sexta - 14h às 17h - Vivência de Percussão e Dança de Afoxé e Capoeira Angola com Mestre Moa do Katendê e Treinel Chocolate no Hall Superior do Centro de Eventos da UFSC;
08/09 - sexta - 18h às 21h - Vivência de Percussão e Dança de Maracatu da Nação Estrela Brilhante do Recife com Mestre Walter França e a Baiana Rica Maurício Soares na Banca de Arte-Ocupação da UFSC;
09/09 - sábado - Intervenção cultural em comunidades de Florianópolis.
10/09 - domingo - 14h às 19h - Mostra Cultural: 4ª Edição da Festa Negra Arrasta Ilha e Wassa Wassa com mestres da cultura popular de matriz africana e os grupos Abayomi, Arrasta Ilha e Angoleiro Sim Sinhô.

Valor: R$ 80,00 até dia 01/09
R$ 100,00 a partir do dia 02/09 e na hora
(Vagas Limitadas)

Maiores Informações:
(48) 999072389 (TIM)
(48) 984031944 (VIVO)
coletivoafrofloripa@gmail.com

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Nós saímos numa tarde para a rua ocupar…

"Colocar o maracatu na rua ocupando espaços públicos com cultura negra", esse foi o objetivo do 1º Arrasta Ocupa! que ocorreu no último dia 25/06 na Lagoa da Conceição.

Para nós do Maracatu Arrasta Ilha foi uma satisfação imensa poder descer o percurso que realizamos durante o carnaval há 15 anos de dia, poder ver as pessoas saindo na janela ou no portão, curtindo o nosso baque e poder estar na Praça da Lagoa, lugar caro ao grupo, expressando o trabalho realizado em nosso último carnaval "Na Força dos Orixás!".

Queremos agradecer a todxs do grupo e amigos parceiros que tornaram essa iniciativa possível e principalmente ao público que se deixou "arrastar" pelo som do nosso baque e pelo rodar de nossas saias.

Obrigada também a toda ancestralidade dessa prática cultural negra pernambucana que existe e resiste no tempo a mais de 300 anos!

Que venha o próximo Arrasta Ocupa!

(foto: Charles Raimundo)

(foto: Charles Raimundo)

(foto: Charles Raimundo)

(foto: Dayane Soares)

(foto: Dayane Soares)

(foto: Dayane Soares)

(foto: Dayane Soares)

(foto: Dayane Soares)

(foto: Dayane Soares)

(foto: Dayane Soares)

terça-feira, 20 de junho de 2017

Primeira edição do Arrasta Ocupa! na Lagoa da Conceição

O Maracatu Arrasta Ilha com objetivo de ocupar os espaços públicos com a cultura negra ancestral do maracatu nação de baque virado para além do carnaval lança seu projeto Arrasta Ocupa! E a primeira edição é no próximo domingo dia 25/06 com concentração na Igrejinha da Lagoa da Conceição - local tradicional da nossa terça de carnaval há 15 anos - a partir das 15h. Iremos em cortejo até a Praça Bento Silvério, também localizada no bairro da Lagoa da Conceição e esperamos todxs vocês para se deixarem arrastar por esse baque!


Ocupa Arrasta!

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Carnaval 15 anos Arrasta Ilha

No carnaval deste ano 2017 o Arrasta Ilha completou 15 anos, e celebramos nossa trajetória com o tema Na Força dos Orixás. Seguimos o ano nesta vibração que nos ensina a ser a cada encontro, vivências e batucadas aos domingos que refletem em todos nossos dias.

Hoje tornamos público nosso registro do último carnaval preparado com muito amor e carinho.

Convidamos a todos para estarem conosco, participando dos ensaios e demais atividades."Vem pro maracatu… abençoa o mundo… com a força dos orixás…".

Filmagem/Edição: Gustavo Salvalággio
Captação de Som: Lucas Feitosa

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Resumo da vivência com o mestre Afonso da Nação Leão Coroado

(foto: Thyago Bezerra)
O aprendizado através da presença! Essa foi o resumo da nossa vivência com mestre Afonso da Nação Leão Coroado que aconteceu de 11 a 15 de maio. O mestre participou do nosso Núcleo Arrasta Ilha Campeche, na Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, falando um pouco da importância dos jovens conhecerem a prática que estão realizando. Na sexta, dialogou com os presentes durante a roda de conversa sobre a história da sua Nação, a importância de não modernizar o candomblé e de quanto o maracatu é uma brincadeira, que depois de entrar fica bem difícil sair. Na oficina sábado tocamos, cantamos, brincamos ao som das toadas da Nação Leão Coroado, orquestrados por mestre Afonso. Pra terminar em meio ao dia das mães levamos pro bairro do Campeche o branco e o vermelho, o baque de peso e o canto ancestral.

“No horizonte aponta o navio, bandeiras ao alto com grande esplendor. Leão Coroado sustenta a pisada vem ver a princesa Isabé que chegou!”

O Mestre no Núcleo Arrasta Ilha Campeche, na Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes (foto: Charles Raimundo)

Roda de conversa no auditório do CED, na UFSC (foto: Charles Raimundo)

Oficina no Colégio de Aplicação, UFSC (foto: Thyago Bezerra)

Oficina no Colégio de Aplicação, UFSC (foto: Thyago Bezerra)

Oficina no Colégio de Aplicação, UFSC (foto: Thyago Bezerra)


Cortejo no bairro Campeche (foto: Thyago Bezerra)

Cortejo no bairro Campeche (foto: Thyago Bezerra)

Cortejo no bairro Campeche (foto: Thyago Bezerra)

Cortejo no bairro Campeche (foto: Thyago Bezerra)